Filmes italianos, latinos e de temática ambiental marcam festivais no Rio

O circuito cinematográfico carioca recebe três novos eventos nesta quinta-feira (3), com temáticas bem diferentes, são eles: o Filmambiente — Festival Internacional de Filmes Ambientais; o Festival do Cinema Italiano; e a Mostra Visões Latinas.

40 anos de 'E.T. — O extraterrestre': Confira 40 curiosidades sobre o clássico de Steven Spielberg

'The Crown' e 'Flordelis': os lançamentos de séries em novembro no streaming

Em sua 12ª edição, o Filmambiente acontece até o dia 9 no Espaço Itaú de Cinema, em Botafogo. O evento irá exibir 25 filmes de 11 países, todos com temática ambiental e preocupação com o ecossistema. Um dos destaques será a exibição de "Vento na fronteira", de Laura Faerman e Marina Weis, produção que aborda o confronto entre o povo Guarani Kaiowá e ruralistas no Mato Grosso do Sul.

Já a Mostra Visões Latinas será realizada no Centro Cultural da Justiça Federal, na Cinelândia, até o dia 13. A programação reúne longas produzidos por toda América Latina, com destaques para sucessos como o argentino “Relatos selvagens” (2014) e o chileno “Uma mulher fantástica” (2017), além de curtas realizados na Região Metropolitana do Rio.

Falecido em agosto, o historiador e roteirista Maurício Lissovsky é o homenageado pelo evento, que exibirá 14 produções, entre longas e curtas, de sete países.

Com programação em 38 cidades brasileiras, o Festival do Cinema Italiano tem a UFRJ - Universidade Federal do Rio de Janeiro, o Auditório Istituto Italiano di Cultura, o Museu da Maré e Centro Cultural Banco do Brasil como palcos no Rio. O evento acontece até o dia 4 de dezembro e traz 33 filmes, entre inéditos e clássicos do cinema italiano.

"Os irmãos de Filippo", de Sergio Rubini, é um dos destaques da seleção e foi escolhido o filme de abertura. "Seca", de Paolo Virzi, com Monica Bellucci, também promete atrair a atenção dos cinéfilos.

A seleção de clássicos do Festival do Cinema Italiano é uma das atrações do evento, que irá oferecer obras de nomes como Bernardo Bertolucci, Luchino Visconti, Ettore Scola, Mario Monicelli, dentre outros. Considerado um dos melhores filmes italianos da história “Roma, cidade aberta”, de Roberto Rossellini, também está presente na programação.