Filó decide intervir após sexo entre Zefa e Tadeu em "Pantanal"

Tadeu e Zefa tem primeira noite de amor (Foto: TV Globo)
Tadeu e Zefa tem primeira noite de amor (Foto: TV Globo)

O namoro entre Zefa (Paula Barbosa) e Tadeu (José Loreto) se complicou após os dois finalmente transarem pela primeira vez em "Pantanal". A moça, que era virgem, hesitou muito antes de tomar a decisão, mas acabou cedendo à pressão de Tadeu.

Após a noite de amor, Zefa se arrependeu, e ficou ainda pior após descobrir que Tadeu não tem nenhuma intenção de casar. Inconsolável, Zefa vai desabafar com Filó (Dira Paes), que não vai deixar a situação continuar e enfrentará o filho.

Revoltada, Filó vai tirar satisfação com o filho e descobre que, de fato, ele não tem intenção de se casar com a moça ou com qualquer outra pessoa. O peão se desiludiu após seu relacionamento com Guta (Julia Dalavia), que agora está com Marcelo (Lucas Leto). Em seguida, Filó também conversará com José Leôncio (Marcos Palmeira), que vai tentar convencer o filho que o casamento é o caminho correto.

"Você gosta da minha mãe?", questiona Tadeu, irritado. "E o que isso tem a ver?", dispara José Leôncio. "O senhor também não se casou com ela", rebate Tadeu. Diante do enfrentamento verdadeiro do filho, o fazendeiro ficará sem palavras para convencê-lo. Caso a trama de "Pantanal" siga o mesmo caminho da versão original da novela, Zefa e Tadeu se casarão no último capítulo da trama e passarão a viver juntos.

Desabafo de Filó

O episódio da terça-feira (23) de "Pantanal" trouxe um momento emocionante e triste com o depoimento de Filó (Dira Paes), que contou para Maria Bruaca (Isabel Teixeira) e Irma (Camila Morgado) como conheceu José Leôncio (José Leôncio). A cozinheira foi encontrada pelo fazendeiro em um prostíbulo de beira de estrada.

A revelação aconteceu após Bruaca e Filó afirmarem que grande parte dos homens não se importa com o bem estar das mulheres. Irma tentou defender os homens que conhece, mas Filó abriu os olhos da carioca para a verdadeira realidade do Brasil e das mulheres pobres. "Você diz isso, Irma, porque nunca teve numa casa de currutela para ver como eles são de verdade", diz Filó.

Bruaca se espanta com a declaração, e Filó continua. "Não só estive em uma, como fui mulher da vida por muito tempo. Com 12 anos eu já tinha sido pega à força. E acabei caindo na vida por causa disso, porque minha família me botou para fora. Disseram que não podiam aceitar uma vergonha daquelas. O maldito que me fez isso foi pra família dele, e eu fui pro mundo, sem ter nem corpo formado ainda", explicou Filó.

Mais uma vez, Irma tentou justificar, dizendo que "nem todos" os homens se comportam da mesma forma e que a sociedade já trouxe muitos avanços para as mulheres. "É porque você é filha de gente rica, da cidade grande", rebate Bruaca. "Pois então, já que está melhorando, manda essa tropa aí que está mudando as coisas, porque enquanto as coisas não mudam, quem toma no lombo somos nós", completa Filó.