Fim do escalonamento e banho de mar durante a semana: Saiba o que muda com as novas regras contra a Covid no Rio

O Globo
·1 minuto de leitura

RIO — A prefeitura do Rio publicou nesta sexta-feira novo decreto que flexibilizou algumas medidas restritivas para conter a Covid-19 na cidade. A permanências nas praias foi liberada nos dias úteis e todas as atividades econômicas podem funcionar até as 22h. Festas e eventos continuam proibidos, bem como a permanências de pessoas nas ruas durante a madrugada. As novas medidas entram em vigor a partir de 0h de sábado e vão até o dia 3 de maio.

Estão liberados:

Atividades não essenciais podem abrir em qualquer horário, mas precisam fechar às 22h. A capacidade de lotação máxima é de 40% em locais fechados e 60% em locais abertos. O distanciamento mínimo é de 1,5 metros por pessoa; A prática de atividades físicas individuais e coletivas em praças, parques, praias e logradouros, bem como nos espaços de uso comum em áreas particulares, inclusive quando orientadas por profissionais de educação física, desde que não gere aglomerações;Ambulantes e barraqueiros podem trabalhar nas praias nos dias de semana;

Permanecem suspensos:

O funcionamento de boates, danceterias, salões de dança e casas de espetáculo;Atividades de ambulantes nas areias das praias nos sábados, domingos e feriados;A permanência de indivíduos nas ruas, áreas e praças públicas no horário das 23h às 05h, bem como nas areias das praias, em parques e cachoeiras, nos sábados, domingos e feriados;A realização de eventos, tais como shows, festas e rodas de samba, em áreas públicas e particulares;A entrada de ônibus e demais veículos de fretamento no Município, exceto aqueles que prestem serviços regulares para funcionários de empresas ou para hotéis, cujos passageiros comprovem, neste caso, reserva de hospedagem;A utilização das pistas de rolamento da orla nas Avenidas avenidas Delfim Moreira, Vieira Souto e Atlântica como áreas de lazer.