Fim da mala-direta

21 de fevereiro de 2012

Quando você informa que não deseja mais receber qualquer tipo de correspondência de conteúdo promocional, os estabelecimentos comerciais ou empresas de marketing que trabalham com o serviço de mala-direta devem promover o cancelamento de seu cadastro da lista de clientes.

 

Não há nada que dificulte ou impeça tal procedimento, por isso, se você está sofrendo com este tipo de correspondência, escreva para a empresa e solicite que seu nome seja retirado dos arquivos, pois você não tem interesse em receber esse tipo de material. (Fonte: Use as Leis ao Seu Favor – Reader\'s Digest)