Finais 'pão de queijo': times mineiros dominam decisões da Superliga de vôlei no masculino e feminino

·3 min de leitura

Não é por acaso que, nas redes sociais, amantes do vôlei brincam que Minas Gerais é o "país do esporte". Nesse ano, quatro times mineiros disputarão as finais da Superliga masculina e feminina, a partir desta sexta-feira, às 21h.

Essa será a terceira final de liga seguida entre Minas e Praia Clube. Até agora, o retrospecto é de 100% para o time da capital. Nas duas últimas temporadas (18/19 e 20/21), a equipe de Belo Horizonte superou o Praia e conquistou o titulo.

Por outro lado, o desempenho do time de Uberlândia nesse ano mostra que, dessa vez, o resultado pode ser diferente. Só nessa temporada, Minas e Praia Clube já disputaram três finais. Todas foram vencidas pelo Praia: Mineiro, Supercopa e Sul-Americano.

Comandada pelo técnico italiano Nicolas Nigro e sob tutela da experiente Thaisa dentro de quadra, a equipe do Minas chegou a final depois de vencer o Barueri e o Sesi-Bauru na fase mata-mata. Já o Praia Clube, de Paulo Coco e da vice-campeã olímpica Ana Carolina (ou Carolana), venceu um duelo difícil contra o Sesc-Flamengo de Bernardinho, por dois jogos a um, para avançar à decisão.

A final entre Minas e Praia Clube também marcará a despedida de Walesca das quadras. Campeã olímpica em Pequim, 2008, e bronze em Sidney, 2000, a central de 42 anos se aposentará no fim da temporada.

Já entre os homens, o campeoníssimo Sada Cruzeiro quer voltar a conquistar o título. Para isso, terá de vencer a equipe do Minas, vice-campeã da última temporada.

Da temporada 2013/14 ate 2018/19, só deu Cruzeiro na Superliga masculina. Foram cinco títulos consecutivos. No entanto, depois, mesmo conquistando outros campeonatos, o time não conseguiu vencer a liga. No mata-mata, os comandado de Filipe Ferraz venceram o São José dos Campos nas quartas e o Sesi na semifinal.

Já o Minas, de volta na final da liga depois de ser derrotado pelo Vôlei Taubaté na decisão da última temporada, tenta o título que não vem desde 2006/07. A disputa começa no próximo sábado, às 21h30, no ginásio Divino Braga, casa do Minas.

Primeira rodada

22.04 (SEXTA-FEIRA) – Dentil/Praia Clube (MG) x Itambé/Minas (MG), às 21h, na Arena BRB Nilson Nelson, em Brasília (DF) – sportv 2, Canal Vôlei Brasil (sinal aberto) e http://twitch.tv/nahzinhaa

Segunda rodada

29.04 (SEXTA-FEIRA) – Itambé/Minas (MG) x Dentil/Praia Clube (MG), às 21h, na Arena BRB Nilson Nelson, em Brasília (DF) – sportv 2, Canal Vôlei Brasil (sinal aberto) e http://twitch.tv/nahzinhaa

Terceira rodada (se necessário)

03.05 (TERÇA-FEIRA) – Dentil/Praia Clube (MG) x Itambé/Minas (MG), às 21h30, na Arena BRB Nilson Nelson, em Brasília (DF) – sportv 2, Canal Vôlei Brasil (sinal aberto) e http://twitch.tv/nahzinhaa

Primeira rodada

23.04 (SÁBADO) Sada Cruzeiro (MG) x Fiat/Gerdau/Minas (MG), às 21h30, no ginásio Divino Braga, em Betim (MG) – sportv 2, Canal Vôlei Brasil (sinal aberto) e Twitch (twitch.tv/nahzinhaa)

Segunda rodada

01.05 (DOMINGO) Fiat/Gerdau/Minas (MG) x Sada Cruzeiro (MG), às 10h, local a definir – TV Globo, sportv 2, Canal Vôlei Brasil (sinal aberto) e Twitch (twitch.tv/nahzinhaa)

Terceira rodada (se necessário)

08.05 (DOMINGO) Fiat/Gerdau/Minas (MG) x Sada Cruzeiro (MG), às 10h, local a definir – TV Globo, sportv 2, Canal Vôlei Brasil (sinal aberto) e Twitch (twitch.tv/nahzinhaa)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos