Finalistas, Pâmela Rosa e Rayssa Leal miram recordes e feitos inéditos no Super Crown; veja quais

O Skate Street definirá os campeões mundiais da temporada 2022 através do Super Crown Championship, que acontece neste fim de semana, na Arena Carioca 1, no Rio de Janeiro. Favoritas, Rayssa Leal e Pâmela Rosa são as mais cotadas para ficar no lugar mais alto do pódio. De quebra, também podem quebrar recordes e atingir feitos inéditos.

Rayssa Leal busca se tornar a campeã mundial mais jovem da história do Skate Street, tendo apenas 14 anos. Quem está na mira da Fadinha é o norte-americano Nyjah Huston, considerado para muitos o maior skatista da SLS de todos os tempos, que foi campeão mundial aos 15 anos em 2010. Desde então, ele já faturou seis vezes o título do Circuito Mundial.

A fadinha também tem a chance de desbancar Pâmela Rosa entre brasileiros. A paulista foi campeã mundial aos 20 anos em 2020, sendo a brasileira mas jovem a atingir este feito. Entre os homens, o posto pertence a Kelvin Hoefler, que faturou a SLS em 2015, aos 22 anos.

Campeões mais jovens da SLS:

Já Pâmela Rosa pode se tornar a primeira mulher a ser tricampeã mundial do skate feminino. Tanto na galeria geral como de maneira consecutiva. No ranking de conquistas, ela já é a maior campeão e irá se isolar da norte-americana Leo Baker, que também foi bicampeã em 2016 e 2017. Caso vença no Rio de Janeiro, se isolaria como a única tricampeã do feminino.

Pâmela também pode se a primeira skatista a ser tricampeã mundial de maneira consecutiva entre as mulheres — e a segunda no geral. No feminino, ninguém nunca foi tricampeã consecutiva. No masculino, apenas Nyjah Huston conseguiu este feito em 2017, 2018 e 2019. Feito para poucos.

Campeões consecutivos da SLS:

Rayssa e Pâmela já estão classificadas antecipadamente para a final do Super Crown Championship por terem ficado em 1º e 2º lugar, respectivamente, na pontuação geral. Elas, assim como as japonesas Yumeka Oda e Momiji Nishiya, não precisarão disputar as semifinais e só entrarão na pista no domingo. Todas as outras skatistas, o que inclui as brasileiras Gabriela Mazetto e Marina Gabriela, terão que lutar pelas quatro vagas restantes.