Financiamento de veículo usado cresceu 11% no ano

·1 min de leitura
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 21.10.2015: POLUIÇÃO-SP - Concentração de poluentes emitidos por veículos automotores e indústrias na Grande São Paulo. Na foto, a movimentação de veículos na avenida Radial Leste, na região do Brás. (Foto: Edilson Dantas/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 21.10.2015: POLUIÇÃO-SP - Concentração de poluentes emitidos por veículos automotores e indústrias na Grande São Paulo. Na foto, a movimentação de veículos na avenida Radial Leste, na região do Brás. (Foto: Edilson Dantas/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Os financiamentos de veículos usados cresceram quase 11% em 2021, representando 70% do total, na comparação com o ano anterior, segundo dados da B3.

Entre novos e usados, as vendas financiadas de veículos ficaram em torno de 6 milhões de unidades no ano, incluindo motos, autos leves e pesados, também conforme a B3, que opera o Sistema Nacional de Gravames, que gerencia restrições financeiras sobre veículos dados como garantia.

No caso dos usados, a maior procura foi pelos leves com mais tempo de uso. A faixa entre 9 e 12 anos cresceu mais de 30%, enquanto os financiamentos de veículos com mais de 12 anos de uso subiram cerca de 70% ante 2021.

Nos últimos meses do ano, a B3 aponta queda nos financiamentos, principalmente nos autos leves novos, afetados pela escassez global de chips.

Com a escassez de semicondutores, cerca de 300 mil automóveis deixaram de ser produzidos em 2021. O fornecimento apresenta sinais de melhora, mas a regularização só deve ocorrer no segundo semestre de 2022.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos