Finlândia diz ser improvável que Turquia decida candidatura à Otan até depois das eleições de maio

Ministro das Relações Exteriores da Finlândia, Pekka Haavisto, durante entrevista coletiva em Helsinque

HELSINQUE (Reuters) - É improvável que a Turquia decida se aprova as candidaturas da Finlândia e da Suécia à aliança militar ocidental Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) até depois das eleições turcas que deverão ocorrer em maio deste ano, disse o ministro das Relações Exteriores da Finlândia, Pekka Haavisto, disse em uma entrevista coletiva nesta terça-feira.

(Reportagem de Essi Lehto)