Fiocruz inicia vacinação contra Covid-19 com imunizante da Oxford-AstraZeneca

Colaboradores Yahoo Notícias
·1 minuto de leitura
Primeira vacina Oxford-AstaZeneca aplicada no Brasil. Foto: Reprodução
Primeira vacina Oxford-AstaZeneca aplicada no Brasil. Foto: Reprodução

Foram aplicadas na tarde deste sábado (23) as primeiras doses da vacina Oxford-AstraZeneca em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) em solo brasileiro. O primeiro vacinado foi Estevão Portela, infectologista do Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas (INI/Fiocruz). A médica pneumologista do Centro de Referência Professor Helio Fraga, da Fiocruz, Margareth Dalcolmo, também foi vacinada.

A vacinação simbólica contemplou outras oito pessoas que estiveram na frente de combate à Covid-19 e aconteceu durante a cerimônia de recepção das vacinas. As doses chegaram ao Brasil na noite de sexta-feira (22), vindas do Instituto Serum, na Índia.

Leia também

A Fiocruz comprou 2 milhões de doses do imunizante, que serão dividas entre os 26 estados e Distrito Federal brasileiros. 4 destes estados devem receber as vacinas ainda neste sábado.

São Paulo é o estado que mais deve receber doses, sendo 501.960 ao todo. Minas Gerais vai receber 190.500 doses e o Rio de Janeiro é o terceiro estado com mais doses da vacina, com 185 mil.

O estado do Amazonas, que sofre há semanas um colapso dos sistemas público e privado de saúde, vai receber 132.500 doses do imunizante.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Ao longo de 2021, a Fiocruz prevê a produção de 200 milhões de doses do imunizante desenvolvido pela Universidade de Oxford.