Firmino contra Casemiro e Marcelo: duelo brasileiro antes da Copa

Por Pablo SAN ROMAN
Firmino, jogador do Liverpool (imagem: Jan Kruger/Getty Images)

Marcelo e Casemiro, do Real Madrid, em sua missão defensiva na final da Champions, terão que encontrar uma maneira de parar o compatriota Roberto Firimino, centroavante do Liverpool, num duelo entre brasileiros que serão companheiros de seleção na Copa do Mundo da Rússia.

Você já viu o novo app do Yahoo Esportes? Baixe agora!

Se Marcelo e Casemiro têm lugar cativo na Seleção Brasileira, a presença de Firmino entre os convocados do Brasil não foi unanimidade no país.

Mas Tite, que já afirmou preferir que não houvesse brasileiros na final da Champions para poder começar o quanto antes a preparação para a Copa com o elenco completo, confia cegamente no atacante do Liverpool.

"É um camisa 10 que aprendeu a jogar como 9", disse Tite. "O Brasil pecou pela falta de alternativas no passado e isso nos custou caro em outras Copas. É por isso que posso usar Coutinho no meio, Willian na ponta, jogando com Firmino e Gabriel Jesus juntos", analisou o técnico em fevereiro.

Se no Brasil ainda há dúvidas sobre Firmino, no Liverpool elas não existem. É um ídolo, elogiado por sua capacidade de abrir espaços em campo para os companheiros de ataque, o egípcio Mohamed Salah e o senegalês Sadio Mané.

Elogios de Klopp

"Mo Salah tem classe internacional, mas não todos os dias. Sadio Mané tem classe internacional, mas não todos os dias. Roberto Firmino tem classe internacional todos os dias", elogiou o técnico do Liverpool, o alemão Jurgen Klopp.

Steven Gerrard, ex-meia do Liverpool e maior ídolo da história do clube, concorda com o treinador.

"Eu gostaria de ter jogado com ele por mais anos. É um jogador muito inteligente. Ele tem uma grande capacidade para ver as coisas antes dos outros atacantes. Existem jogadores e jogadores de alto nível. Firmino está nesta segunda categoria", afirmou Gerrard.

Firmino, atacante de 26 anos formado pelo Figueirense, mas que deixou o Brasil ainda desconhecido para brilhar no Hoffenheim, da Alemanha, em 2010, chegou ao clube inglês em 2015. O alagoano anotou 10 gols em 14 jogos na atual edição da Champions, mesmo número que o badalado Salah, que já balançou as redes 44 vezes na temporada, contra 27 de Firmino.

"Sabemos que o Real Madrid é uma grande equipe, com muitos títulos de Champions. Mas uma final é diferente. Eles são favoritos, mas numa partida única vamos dar tudo para que os prognósticos errarem", disse Firmino.

Duelos brasileiros

Marcelo, no lado esquerdo da zaga madrilenha, cruzará menos em campo com Firmino que seu companheiro Casemiro, que costuma recuar para ajudar os zagueiros do Real.

A maior estrela do Liverpool é Salah, mas Marcelo sabe que o Real também precisará ter atenção redobrada com Firmino e Mané.

"O perigo do Liverpool não vem só de Salah. Tem também Firmino e Mané. Eles têm jogadores que podem mudar uma partida, especialmente no fim. Sabemos que não podemos nos concentrar apenas em um jogador", explicou o lateral-esquerdo do Real e do Brasil.

Marcelo, hoje com 30 anos e no Real desde 2007, segue sendo um dos pilares do gigante madrilenho, com o qual anotou dois gols nesta edição de Champions.

Já Casemiro, 26 anos, também chegou muito jovem ao Real Madrid, em 2012, mas foi emprestado no início da carreira para o Porto, antes de voltar a pedido de Zidane para se firmar no time merengue.

O volante já marcou sete gols nesta temporada, dois na Champions, mas seu verdadeiro valor está no poder de marcação. Sua missão em Kiev será vigiar Firmino.

A decisão da Champions será neste sábado, 15h45 (de Brasília), em Kiev, na Ucrânica. Casemiro e Marcelo precisam torcer para que Firmino guarde suas melhores jogadas para a Rússia, e não para enfrentar o Real.