Fitch rebaixa rating da Argentina para "default restrito"

.

(Reuters) - A agência de classificação de risco Fitch rebaixou a nota de crédito de longo prazo da Argentina nesta segunda-feira a "default restrito", de CC, após o país prorrogar pagamentos de dívidas denominadas em dólares.

Em um decreto no domingo, o governo argentino informou que planejava prorrogar até o final do ano pagamentos de até 10 bilhões de dólares de dívida em dólar emitida sobre a legislação local. [nL1N2BU0C3]

A classificação default restrito é um degrau acima do "default", enquanto CC representa níveis muito elevados de risco de crédito.

(Por Taru Jain)