Flávio Bolsonaro agradece votos ao pai; fala em "erguer a cabeça" e não "desistir" do Brasil

Senador Flávio Bolsonaro

Por Maria Carolina Marcello

BRASÍLIA (Reuters) - O senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ), primeiro do núcleo mais próximo do presidente Jair Bolsonaro (PL) a se pronunciar sobre as eleições, agradeceu os votos conferidos ao pai, derrotado nas urnas pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no domingo por uma pequena margem de diferença.

"Obrigado a cada um que nos ajudou a resgatar o patriotismo, que orou, rezou, foi para as ruas, deu seu suor pelo país que está dando certo e deu a Bolsonaro a maior votação de sua vida! Vamos erguer a cabeça e não vamos desistir do nosso Brasil! Deus no comando!", tuitou o filho de Bolsonaro.

Em uma atitude pouco tradicional, o presidente ainda não se pronunciou sobre o resultado ou mesmo sobre os votos que recebeu.

Durante meses, em diversos momentos, Bolsonaro chegou a lançar dúvidas sobre a aceitação do resultado, afirmando que acataria o desfecho de eleições que fossem realizadas de maneira limpa. Às vésperas da eleição, no entanto, o presidente chegou a dizer que "quem tiver mais voto leva".