Flávio Bolsonaro renuncia ao cargo de terceiro-secretário da Mesa Diretora do Senado

Maurício Ferro
·1 minuto de leitura
Foto: Gabriel de Paiva / Agência O Globo

BRASÍLIA - O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro, renunciou ao cargo de terceiro-secretário da Mesa Diretora do Senado.

O congressista enviou um ofício, no último dia 11, ao presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), no qual informa sobre a decisão de renunciar ao cargo a partir de 14 de dezembro.

A informação foi antecipada pelo G1 e confirmada pelo GLOBO junto à equipe do senador. Ainda não há mais detalhes sobre o pedido.

O mandato de Alcolumbre como presidente do Senado acaba em fevereiro, quando os senadores elegerão um novo presidente para a Casa e uma nova Mesa Diretora. Flávio, portanto, antecipou em mais de um mês a sua saída do cargo de secretário.

Leia a íntegra do ofício encaminhado a Alcolumbre:

"Brasília, 11 de dezembro de 2020.

A Sua Excelência o Senhor Senador Davi Alcolumbre, presidente do Senado Federal

Assunto: Informo que renuncio ao cargo de terceiro-secretário

Senhor Presidente,

Venho à presença de Vossa Excelência, como integrante da Mesa Diretora dessa Casa, para apresentar a minha renúncia ao cargo de Terceiro-Secretário, a partir de 14 de dezembro de 2020.

Atenciosamente,

Flávio Bolsonaro"