Flávio e Eduardo Bolsonaro pedem cidadania na embaixada italiana

*ARQUIVO* BRASÍLIA, DF, 06.10.2021 - O senador Flávio Bolsonaro participa de cerimônia de recepção aos atletas olímpicos e paralímpicos que participaram das Olimpíadas no Japão, no Palácio no Planalto. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
*ARQUIVO* BRASÍLIA, DF, 06.10.2021 - O senador Flávio Bolsonaro participa de cerimônia de recepção aos atletas olímpicos e paralímpicos que participaram das Olimpíadas no Japão, no Palácio no Planalto. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

SALVADOR, BA (UOL/FOLHAPRESS) - O senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ) e seu irmão, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP), foram à embaixada da Itália em Brasília, nesta terça-feira (8), para adiantar o processo de obtenção da cidadania italiana.

Segundo reportagem do portal Metrópoles, os filhos do presidente Jair Bolsonaro (PL) compareceram à representação diplomática pela manhã. Procurada pelo UOL, a assessoria do senador confirmou a informação.

Por meio de sua equipe, o parlamentar informou que "sua família tem origem italiana e que ele tem o direito de requerer cidadania italiana".

Por meio da nota, Flávio destacou que o processo "começou a ser tratado em setembro de 2019".

"Sou senador da República por mais quatro anos, pretendo disputar a reeleição e, antes que comecem a criar teses mirabolantes, sair do país não é uma opção para mim", completou.

O UOL também tentou entrar em contato com a assessoria do deputado Eduardo Bolsonaro, mas até a publicação deste texto, não obteve retorno.