Flávio representa contra Kajuru no Conselho de Ética: 'Gravou Bolsonaro sem consentimento'

Paulo Cappelli
·1 minuto de leitura

BRASÍLIA - O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) acaba de representar contra o senador Jorge Kajuru (Cidadania-MG) no Conselho de Ética do Senado, após o parlamentar mineiro tornar pública uma conversa que teve ao telefone com o presidente Jair Bolsonaro.

- Acabo de protocolar uma representação contra Kajuru pela sua conduta imoral, baixa antiética de gravar o presidente da República sem o seu consentimento. E pior: sem nenhuma justa causa, sem nenhuma razão que o levasse a fazer isso. Ainda dá publicidade ao teor dessa conversa. Além de ferir preceito constitucional básico do sigilo das comunicações e de jogar mais desconfiança entre os poderes, causa mais instabilidade institucional - disse.