Flamengo é eliminado pelo São Paulo com falhas da defesa e pênalti perdido por Vitinho

O Globo
·2 minuto de leitura
Marco Galvão/Zimel Press / Agência O Globo
Marco Galvão/Zimel Press / Agência O Globo

A hegemonia projetada para 2020 vai ficar para o próximo ano. Esfacelado por lesões e um calendário apertado, com três competições e convocações, o Flamengo ficou pelo caminho na Copa do Brasil. Com pernas para uma boa atuação em metade do jogo, perdeu para o São Paulo com três gols no segundo tempo e acabou eliminado nas quarta de final.

A derrota foi marcada por falhas da defesa rubro-negra e um pênalti perdido por Vitinho. Luciano foi o artilheiro da noite pelo São Paulo, e Pablo completou o placar. Agora, o foco é no Brasileiro e principalmente na Libertadores. Coritiba e Racing são os próximos adversários.

O jogo teve dois tempos distintos para o Flamengo. O primeiro, organizado. O segundo, um desespero. Com seis desfalques por lesão, Ceni voltou com Arrascaeta e lançou Thuler no lugar de Gustavo Henrique.

O time controlou bem o jogo, mas criou poucas situações reais de gol. Com marcação adiantada, anulou as ações do São Paulo, mas para isso precisou não se arriscar tanto, pois sua defesa jogada também mais à frente.

A falta de ousadia foi representada pela pouca participação de Bruno Henrique, pouco acionado e pouco ativo. As principais chances vieram de chutes de média distância. O São Paulo apostou no contra-ataque, e teve um gol impedido.

Sem conseguir ser incisivo, o Flamengo apostou em Éverto Ribeiro nos últimos 45 minutos. Desgastado tal como Arrascaeta, o meia pouco acrescentou. Até porque no minuto inicial o quadro se alterou totalmente. Em bola aérea de Daniel Alves, Luciano apareceu livre e deslocou Diego Alves. O Flamengo se desorganizou ainda mais, e levou o segundo. De novo no jogo aéreo, a defesa cochilou e Luciano ampliou.

A esperança veio em pênalti marcado com confirmação do árbitro de vídeo, em bola na mão. Vitinho, porém, isolou. Não havia forças para reagir. Ceni ainda fez mudanças no ataque, mas o elenco farto não estava com todos à disposição. O que claramente sobrecarregou os que sobraram. O gol de Pablo no fim selou o destino do Flamengo, que suplicou para que houvesse poucos acréscimos para não desgastar aidna maias o time.