Flamengo aposta em bom relacionamento com Rafinha para qualificar posição em 2021

Diogo Dantas
·1 minuto de leitura

O Flamengo não tem pressa para sacramentar o retorno de Rafinha. A aposta é no bom relacionamento do jogador com integrantes da diretoria para, nos próximos dias, chegar a um acordo para o retorno do lateral-direito.

Apesar de ter desembarcado no Rio nesta segunda-feira, Rafinha foi ao encontro da família, e não dos dirigentes rubro-negros. O vice de futebol Marcos Braz e o diretor Bruno Spindel, porém, mantém diálogo à distância com o empresário Lincoln, que cuida dos interesses do jogador.

Tudo indica que não haverá empecilhos para se chegar a um denominador financeiro em comum para Rafinha jogar no Flamengo nesta temporada. O clube tem o desejo de qualificar a posição em meio a convocações de Isla para o Chile. Fora lesões e eventuais suspensões por cartão. Hoje, Matheuzinho e João Lucas são as opções a Isla.

Mais uma vez o bom relacionamento de Rafinha com o Flamengo, mas com o elenco, é um fator que pesa para haver otimismo por um acordo. As eventuais diferenças financeiras e o momento do clube mais comedido no mercado não é motivo suficiente para empacar o negócio, depois que Rafinha deu o sinal verde para o Flamengo. Mesmo com uma sondagem mais vantajosa do Atlético-MG.

Agora, as duas partes vão tratar naturalmente as negociações, já que tudo pode ser conversado com calma até o fim do Brasileiro. E o jogador tem tudo para reestrear em março com a camisa do Flamengo.