Flamengo: Arrascaeta é a esperança contra o São Paulo. Saiba as condições do meia

Diogo Dantas
·1 minuto de leitura
Divulgação
Divulgação

Um Flamengo em retalhos viaja hoje para o jogo do ano, na segunda partida das quartas de final da Copa do Brasil, contra o São Paulo. Na bagagem, a esperança na classificação recai sobre os pés do uruguaio Arrascaeta.

Depois de se recuperar de uma lesão muscular, um problema no joelho e um pisão no tornozelo, o gringo está praticamente 100% e pronto para atuar 90 minutos nesta quarta-feira. Mesmo ainda com algumas dores.

No jogo de ida, Arrascaeta só entrou no fim do segundo tempo. E iniciou a jogada do gol de Gabigol. Desta vez, o camisa nove virou dúvida, pois saiu da partida de sábado, pelo Brasileiro, com dores na coxa. Um exame vai confirmar sua ida a São Paulo, ao menos para ficar no banco. A tendência é que seja utilizado no jogo, até como titular.

Caso não entre em campo, aumenta a importância do meia uruguaio, que poderia atuar ao lado de Bruno Henrique. O Flamengo já sabe que não terá Pedro no ataque. O centroavante foi cortado da seleção brasileira e precisará de até dez dias em tratamento. Se fosse relacionado, poderia agravar a lesão na coxa.

Com a necessidade de tirar uma diferença considerável e fazer dois gols para não precisar ir para os pênaltis, o técnico Rogério Ceni deve ir para o tudo ou nada no ataque. Vitinho, que tem ido bem com o novo treinador, é a aposta para as jogadas pelas pontas. Éverton Ribeiro chegará para o jogo e será opção no banco.

Na defesa, Diego Alves retorna após ser poupado contra o Atlético-GO. O time não Rodrigo Caio, Filipé Luis e Thiago Maia, que teve lesão no ligamento do joelho esquerdo e para por até seis meses. Isla, convocado, não será titular.