Flamengo avança em negociação por patrocínios no meião e no calção; valores podem chegar a R$ 8 milhões

Marcello Neves
·1 minuto de leitura

Após o departamento de marketing ser criticado pelos torcedores nas redes sociais devido as partes vazias no uniforme, o Flamengo está próximo de acertar com dois patrocinadores. O clube tem negociações em curso para definir novos nomes para o meião e calção com valores na faixa de R$ 8 milhões pelos dois espaços à partir de abril.

O GLOBO apurou que apenas problemas burocráticos impedem a divulgação da equipe de marketing. Com isso, apenas costas e mangas ficarão sem patrocinadores no momento. Inclusive, as verbas já foram aprovadas: cerca de R$ 3 milhões pelo meião e de R$ 5 milhões para o calção. A informação foi divulgada inicialmente pelos canais Paparazzo e Flazoeiro e confirmada.

Ainda restam os espaços na manga, utilizado atualmente pela FlaTV, e nas costas. Na última quarta-feira, o Flamengo se reuniu com representantes da Itapemirim, que está prestes a se lançar como empresa aérea, e tem negociações em curso.

Recentemente, o Flamengo teve a negociação frustrada para a volta de Rafinha e citou os problemas financeiros como maiores impeditivos. A partir desse episódio, as cobranças internas para o departamento de marketing se intensificaram.