Flamengo: de criticado a reserva de luxo, Michael dobra número de gols da última temporada

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Revelação do Brasileirão em 2019 e contratado por cerca de 7,5 milhões de euros pelo Flamengo em 2020, o atacante Michael demorou a cair nas graças da torcida. Ao longo da última temporada, o ex-jogador do Goiás foi alvo de críticas de rubro-negros por não apresentar o futebol que chamou a atenção dos clubes brasileiros pelo esmeraldino. Mas a situação do jogador mudou drasticamente na atual temporada, em especial após a chegada de Renato Gaúcho à Gávea.

Autor de dois dos três gols da vitória do Flamengo sobre o Palmeiras, neste domingo, Michael chegou a oito tentos no ano. Já tem o dobro de gols marcados em relação à temporada 2020, quando esteve em campo em 43 partidas.

Dos oito gols marcados, cinco aconteceram já com Renato no comando. O técnico tem dado espaço para o atacante: desde que assumiu, Michael entrou em campo em todas as partidas, seja começando como titular ou vindo do banco de reservas. O jogador de 25 anos virou arma rubro-negra em momento em que o clube não tem Bruno Henrique, que se recupera de lesão na coxa direita.

— Fico contente, é um jogador pelo qual torço bastante. Já tinha pedido ele no Grêmio e agora o encontrei aqui no Flamengo. Tem nos ajudado bastante, tem feito gols. Nós temos o Gabriel, que é o "chatão", e ele é o nosso "chatinho". É o "chatinho" que tem ajudado bastante — disse o técnico após a vitória sobre o Palmeiras.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos