Flamengo e Vasco se reúnem com Bolsonaro por volta do futebol

Bolsonaro recebeu camisa nova de Rodolfo Landim, presidente do Flamengo (Reprodução)

Os presidentes de Flamengo e Vasco, Rodolfo Landim e Alexandre Campello, respectivamente, se reuniram com o presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) e o governador do Distrito Federal Ibaneis Rocha (MDB) nesta terça (19) em Brasília para discutir o retorno do futebol após a parada por causa da pandemia do novo coronavírus.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

Durante a reunião, os presidentes dos clubes e o governador do Distrito Federal conversaram sobre a possibilidade de sediar treinamentos na capital federal, já que a Prefeitura do Rio de Janeiro não permite que os times treinem em suas sedes.

Leia também:

No início do mês, Flamengo e Vasco assinaram um documento junto com a Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj) e outros clubes do estadual carioca - menos Botafogo e Fluminense - pedindo que pudessem retornar aos treinos, mas a Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro barrou a iniciativa.

Também no início do mês, no dia 4, o funcionário mais antigo do Flamengo, Jorginho, morreu vítima de Covid-19 aos 68 anos. O massagista trabalhava no clube há 40 anos e contribuiu com a Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 2002. Ele passou duas semanas entubado e faleceu após sofrer uma parada cardiorrespiratória.

Na última segunda (18), o Flamengo recebeu seus jogadores no CT Ninho do Urubu para uma bateria de treinos e avaliações médicas. O clube deixa claro que “seguiu as medidas de higiene e distanciamento” e que não houve nenhuma espécie de treino.

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.