Flamengo fez 19 partidas a mais do que Liverpool e Al-Hilal em 2019

Carlos Eduardo Mansur, enviado especial
Jorge Jesus, técnico do Flamengo

Os dias anteriores à viagem para o Qatar foram marcados por lamentações do técnico alemão do Liverpool, Jürgen Klopp, quanto à quantidade de jogos imposta a seu time. Torneios globais expõem o calendário como um problema mundial, mas terminam por ressaltar o quanto a realidade brasileira ainda é a mais insana do planeta. O Flamengo é, de longe, o time que chega ao torneio com mais jogos nas costas.

LEIA MAIS:Everton Ribeiro, do Flamengo, já foi carrasco do Al-Hilal em 2015; assista ao golA tese se sustenta qualquer que seja o recorte escolhido. Levando em conta o ano de 2019, o rubro-negro tem 72 partidas disputadas, 19 a mais do que o Liverpool e o Al-Hilal, rival desta terça-feira, e 16 a mais do que o Monterrey, do México, que vai enfrentar os ingleses na outra semifinal. É possível limitar a análise ao segundo semestre, descartando o período de férias dos europeus. Desde agosto, o Flamengo entrou em campo 31 vezes e segue liderando a lista de jogos. O Liverpool jogou 27 partidas, mas teve um mês de férias e outro de pré-temporada antes de voltar a competir. Enquanto isso, os rubro-negros tiveram 16 dias de preparação em janeiro. E fizeram sete partidas em julho. Já o Al-Hilal atuou só 22 vezes e o Monterrey, 26.

AINDA:Sorteio da Libertadores 2020: Flamengo é cabeça de chave; veja os potesJorge Jesus vê duas abordagens nestas estatísticas. Apesar do desgaste que os jogadores do Flamengo acumulam, ele entende que, quanto mais uma equipe joga, mais adquire armas para competir. Ainda assim, destaca que a quantidade de jogos do Al-Hilal é bem menor. Resta saber se, ao longo do jogo desta terça-feira, isto se traduzirá em frescor físico ou falta de ritmo.- Quando seu time está no meio de uma temporada, ainda não chegou ao limite das condições que pode vir a atingir. Mas este Liverpool joga há cinco ou seis anos junto.O Al Hilal, por sua vez, só disputou nove jogos em seu campeonato, está começando a temporada - analisou o treinador rubro-negro.O romeno Razvan Lucescu, técnico dos sauditas, lamenta ter perdido jogadores para a seleção durante a recente Copa do Golfo.- Só tive o elenco inteiro dois dias antes de viajar para cá - diz o treinador.Jürgen Klopp tem reclamado especialmente da maratona recente do Liverpool. Nas últimas semanas, o futebol inglês passou a impor mais jogos em meios de semana e, na volta do Mundial, haverá o tradicional calendário congestionado de fim de ano, com jogos no dia seguinte ao Natal e rodada no Ano Novo. O clube foi obrigado, inclusive, a usar um time de jovens pela Copa da Liga, contra o Aston Villa, nesta terça-feira. Afinal, o time principal já está no Qatar.Mas até neste aspecto o Brasil consegue oferecer condições piores a seus times. Caso se leve em conta apenas os jogos disputados desde outubro, o Flamengo segue tendo mais partidas: são 19, contra 16 dos ingleses, onze dos sauditas e 14 do Monterrey. Além disso, por jogar o Mundial, terá problemas para cumprir o calendário brasileiro. Quando o elenco rubro-negro voltar das férias, o Campeonato Estadual já terá começado.