Flamengo pagará por empréstimo de Pedro e abaterá valor em caso de compra

Diogo Dantas
Pedro com a camisa 9 da Fiorentina

O Flamengo não conseguiu a liberação da Fiorentina para ter o atacante Pedro em 2020, de graça. O clube acertou o pagamento de cerca 1 milhão de euros pelo empréstimo, R$ 4,6 milhões, para ter o centroavante de 22 anos.

O combinado é o valor ser abatido ao fim do contrato, caso o rubro-negro exerça a compra. A quantia é pré-fixada no atual vínculo, e está estimada em mais de 10 milhões de euros, valor pago pela Fiorentina ao Fluminense.

O salário de Pedro no Flamengo ficará na faixa dos R$ 500 mil.  Com a oferta mais atrativa para o jogador e o clube italiano, os cariocas saíram em vantagem na concorrência com Grêmio e Porto.

Nos casos de Pedro Rocha e Thiago Maia, o modelo de negócio por empréstimo também teve valor de passe fixado para compra, mas a negociação não teve custo imediato. Nas três situações, as compras, se exercidas, serão parceladas por dois a três anos.

Pedro chega ao Rio na sexta-feira para fazer um detalhado exame médico e assinar contrato com o Flamengo. Na Itália, Pedro participou de quatro jogos nos profissionais da Fiorentina, totalizando 59 minutos em campo. Sempre entrando no decorrer das partidas.

Assim que chegou na Itália, fez dois jogos pelo time Primavera (sub-23), e marcou um gol. Total de 132 minutos, iniciando como titular nos dois jogos.