Flamengo passa a treinar com aval da prefeitura em dia de nova reunião pela volta do Carioca


Antes respaldado por declarações, agora, o Flamengo passa a contar com o aval da prefeitura do Rio de Janeiro para realizar as atividades no Ninho do Urubu, mas sem "imprensa e público, sendo vedados o uso da sauna, piscina e banheira de hidromassagem", de acordo com o plano de ação oficial da reabertura gradual da cidade (veja abaixo).

Plano de reabertura gradual do Rio

Plano oficial de reabertura gradual do Rio (Foto: Divulgação)

Tal decisão do município está inserida na "Fase 1" da reabertura. E, para que a "Fase 2" (com jogos com portões fechados) seja catapultada, haverá uma nova reunião, agendada pela Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj), para esta terça-feira. O objetivo é a discussão dos últimos detalhes para que o protocolo de segurança ("Jogo Seguro"), em prol da retomada do Campeonato Carioca, seja finalizado.

O doutor Márcio Tannure, chefe do deparamento médico do Flamengo, encabeçará a reunião em nome dos clubes, em debate a ser realizado por videoconferência e que contará com médicos das outras equipes que apoiam o retorno do Estadual ainda este mês.


TERCEIRA SEMANA NO NINHO

Visando ser referência Brasil afora, o Flamengo, agora autorizado oficialmente, já está em sua terceira semana de atividades no CT. Na última segunda, o clube revelou que os testes rápidos semanais constataram resultado negativo para todos os jogadores e membros da comissão técnica.

Também nesta semana está prevista a chegada do PortCov, sistema de desinfecção que será instalado no CT. O aparelho, desenvolvido em Portugal, medirá a temperatura dos colaboradores, desinfetará sapatos, roupas e as mãos de atletas de funcionários (saiba mais aqui).

Internamente, dá para afirmar que o Flamengo se vê cada vez mais confiante para a iminente confirmação do retorno dos jogos - o que deve agilizar a renovação com Jorge Jesus, em tempo.

Imagens da atividade da última segunda-feira: