Flamengo perde para o Corinthians, mas torcida faz festa no Maracanã e pede o mundo de novo

No reencontro com a sua torcida no Maracanã após o tricampeonato da Libertadores, o Flamengo exibiu não só as taças das Copas, mas um bom futebol com a equipe alternativa do Brasileiro. Tanto que, após o título confirmado para o Palmeiras, o time de Dorival Júnior perdeu para o Corinthians na busca pela segunda posição na tabela, mas ainda assim foi exaltado pelas arquibancadas, com mais de 60 mil rubro-negros anestesiados pelas conquistas recentes, e pedindo o mundo de novo.

O time paulista abriu o placar com Du Queiroz, os cariocas reagiram ainda no primeiro tempo com Matheus França, em uma linda cavadinha, mas sofreram o gol de Yuri Alberto na segunda etapa, quando estiveram mais perto da virada após a entrada de Éverton Ribeiro. Com o 2 a 1, o Corinthians garantiu vaga na Libertadores de 2023. O Flamengo criou mais, mas pecou nas finalizações. Até o fim do campeonato, os compromissos são contra Coritiba e Juventude fora de casa, e Avaí no Rio. O clube ainda pretende marcar uma comemoração nas ruas da cidade para a torcida fazer a festa com os jogadores. Ou no Centro, ou na orla.

O clima de revanche para o Corinthians pela derrota na final da Copa do Brasil não chegou a ser comprado pelo Flamengo, que não relacionou Gabigol, Pedro, Arrascaeta, Santos e Léo Pereira nem no banco de reservas. Os titulares e demais que ficaram fora de ação foram a campo para fazer festa com a torcida na posse das duas taças conquistadas recentemente.

Em campo, Dorival apostou na formação que tem apresentado no Brasileiro um futebol de menos posse de bola e mais velocidade. Com Cebolinha em ótima forma, apoiado por Ayrton Lucas, o Flamengo criou bem pelo lado esquerdo, antes mesmo do gol no segundo tempo. Acabou levando primeiro. Após boas intervenções de Hugo em arremates do Corinthians, foi também pelo lado esquerdo que o time paulista criou dificuldades para Matheuzinho e achou espaços para o passe para Du Queiroz abrir o placar.

O Flamengo voltou para a etapa final com mais vontade e logo empatou. Matheus França recebeu belo passe de Cebolinha e tocou com categoria por cima do goleiro. A presença de Ribeiro em campo deu nova dinâmica e aproximou o Flamengo da virada. Ao notar a pressão, o Corinthians recuou para jogar no contra-ataque. Deu certo. Com uma boa saída em velocidade, Yuri Alberto apareceu entre os zagueiros na entrada da área e venceu Hugo, que saiu para abafar após falha de Fabrício Bruno na marcação.

Depois de lançar João Gomes, Dorival mandou a campo Matheus Gonçalves e Mateusão para tentar o empate nos minutos finais. Saíram Pulgar, que fez ótima partida, Marinho e Cebolinha. Apesar da empolgação da torcida, não foi possível empatar. Nada que apagasse o brilho da festa.