Flamengo perde para o lanterna Fortaleza e deixa o Maracanã sob xingamentos e vaias

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
5.Jun.2022 - José Welison do Fortaleza celebra vitória contra o Flamengo no Brasileirão (Foto: Wagner Meier/Getty Images)
5.Jun.2022 - José Welison do Fortaleza celebra vitória contra o Flamengo no Brasileirão (Foto: Wagner Meier/Getty Images)

Parecia a oportunidade perfeita para voltar ao G-4 do Brasileiro. O Maracanã estava cheio e o adversário era o lanterna do campeonato. Mas, em mais um jogo marcado pelas oscilações, o Flamengo deixou a desejar. Acabou derrotado por 2 a 1 pelo Fortaleza e deixou o campo sob os gritos de "time sem vergonha".

Não foram apenas os jogadores a serem xingados pela torcida. O técnico Paulo Sousa e o presidente Rodolfo Landim também não foram poupados pelos gritos da arquibancada. E o canto de "acabou o amor" deu o recado: as cobranças voltarão a se intensificar. Na quarta-feira, o time volta a campo para enfrentar o Bragantino, em Bragança Paulista.

Foi a primeira vitória do Fortaleza no campeonato. O time nordestino era o único de todas as quatro séries do futebol nacional a não ter vencido ainda. Uma marca que foi embora justamente no Maracanã lotado.

Um triunfo construído nos erros do adversário. No primeiro tempo, o Flamengo fez aquela que talvez tenha sido sua pior atuação no Brasileiro. Errou demais e entregou diversas bolas nos pés do adversário (como a falha de Willian Arão que resultou no gol de Robson, aos 27). Só não foi para o intervalo atrás no placar porque o Fortaleza foi mal nas finalizações e porque Éverton Ribeiro, o mais lúcido do time carioca, empatou no último minuto.

Na etapa final, o time até melhorou um pouco com as muitas mudanças feitas por Paulo Sousa. Mas Pedro desperdiçou um pênalti logo no começo e, defensivamente, a equipe continuou exposta. Hugo até tentou salvar com grandes defesas, mas, nos acréscimos, nada pôde fazer quando Hércules apareceu livre de marcação dentro da área para marcar.

- A gente sabia da dificuldade do jogo. A colocação do Fortaleza não condiz com a qualidade deles. É uma equipe muito física, com a qual a gente teve muitos problemas desde começo do jogo. Infelizmente teve essa fatalidade no último lance do segundo tempo, onde fomos melhores do que eles. Tomamos o gol que dificulta muito para nós. Vínhamos numa sequencia boa, poderíamos colar lá em cima. Mas temos que seguir trabalhando, corrigir os erros para tentar na quarta uma vitória fora de casa - comentou o zagueiro Rodrigo Caio.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos