Como o Flamengo iria na Premier League? O Football Manager responde

Gabigol comemora seu gol contra o Palmeiras (Buda Mendes/Getty Images)

Recentemente, o técnico Jorge Jesus afirmou que o Flamengo brigaria entre os cinco primeiros da Premier League. Na vida real, realmente não dá para saber se isso aconteceria de verdade. Mas como sempre, o Yahoo Esportes vai ao Football Manager para buscar uma provável resposta.

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM

Para este experimento, usamos uma base de dados atualizada do site Sortitoutsi com todas as transferências da última janela. E apesar das datas mostrarem 2018 e 2019, os times foram atualizados para esta temporada, com o Flamengo substituindo o Aston Villa, que foi o último time a conseguir seu acesso para a Premier League.

Leia também:

Transferências

Inicialmente, vamos falar das mudanças feitas na primeira janela de transferências, antes do início da Premier League. O Mengão foi buscar o meia central Kalvin Phillips no Leeds e o zagueiro argentino Juan Forlín, que estava sem contrato após disputar a segunda divisão espanhola (assim como Pablo Mari). Na janela do meio da temporada, chegaram três novos jogadores: os atacantes Steve Mounié e Shane Long, além do jovem ponta Ollie Watkins.

As compras do Flamengo (Reprodução)

Nas transferências para fora, muitos jovens foram emprestados para ganhar rodagem, mas uma saída em específico chama a atenção. Diego foi emprestado para o Everton sem mesmo jogar pela equipe na Premier League.

Os jogadores que deixaram o Flamengo na simulação (Reprodução)

O desempenho do Mengão na Premier League

Em sua primeira temporada no futebol inglês, o Flamengo terminou na 11ª posição, com 49 pontos, tendo vencido 14 das 38 partidas. Foram 7 empates e 17 derrotas, algo até normal para um clube que joga na liga pela primeira vez.

A campanha do Flamengo na Inglaterra (Reprodução)

Carrossel de técnicos na Premier League

O destaque (negativo) da temporada fica para a demissão de Jorge Jesus ainda no primeiro turno. No dia 8 de dezembro, o técnico foi demitido após o empate por 0 a 0 contra o Crystal Palace. O Fla vinha de duas derrotas e o Mister não resistiu, terminando sua passagem com sete vitórias, quatro empates e seis derrotas, deixando a equipe em 8º lugar.

Após o interino Maurício Souza comandar o Mengão em uma acachapante vitória sobre o Leicester por 4 a 1, com dois gols de Vitinho, um dos nomes mais rodados do futebol inglês assumiu o boné: Sam Allardyce, o Big Sam.

Só que no fim de abril, antes mesmo do término da temporada, Big Sam foi demitido com o Fla já na 11ª posição em que finalizou. Com o adepto da bola longa, a equipe venceu oito jogos, empatou dois e perdeu impressionantes 11.

Maurício Souza assumiu novamente e perdeu um jogo antes de dar lugar ao novo técnico, o italiano Cesare Prandelli, que terminou a temporada com uma vitória por 2 a 1 em cima do Brighton.

Contra os grandes

Nos jogos contra os times do dito Big Six - Arsenal, Chelsea, Liverpool, Manchester City, Manchester United e Tottenham -, o Flamengo teve um péssimo desempenho, conseguindo apenas cinco de 36 pontos possíveis.

A única vitória veio na partida contra o Tottenham em casa, por 2 a 1, com gols de Bruno Henrique e Gabriel Barbosa, dupla que está indo muito bem na realidade. Os outros dois pontos vieram em empates contra Arsenal (1x1) e United (0x0) em casa.

Nas partidas em que não conseguiu pontos, o Fla teve até dificuldades em marcar, fazendo gol apenas na derrota por 2 a 1 em casa para o Liverpool. Os Reds, que foram campeões, até se vingaram da música cantada contra eles ao aplicar uma goleada por 4 a 0.

E contra o Everton?

Após a ESPN fazer uma comparação entre Flamengo e Everton, Richarlison respondeu com um gif de risadas, então resolvi dar atenção ao embate também. As equipes trocaram vitórias por 2 a 1 jogando em casa, mas os Toffees levaram a vantagem na classificação, ficando com a 7ª posição, atrás exatamente dos seis grandes.

Copas

O Flamengo também não foi tão bem assim nas duas copas inglesas. Na Copa da Liga, o clube foi eliminado pelo Middlesbrough, da segunda divisão, logo na terceira fase, ao perder por 2 a 1.

Já na FA Cup, o Mengão avançou duas fases, batendo equipes da segunda divisão, mas acabou parando no Arsenal na quinta fase (as oitavas de final).

Desempenho individual

Não dá para dizer que nenhum jogador do Flamengo tenha se destacado durante a temporada. Gabigol foi o artilheiro da equipe, com 11 gols, marca muito longe do que tem conseguido no Brasil. O líder em assistências foi um dos contratados, o meia Kalvin Phillips, com sete, a frente de Willian Arão, que teve cinco.

A campanha completa

A campanha do Flamengo na Inglaterra (Reprodução)
A campanha do Flamengo na Inglaterra (Reprodução)
A campanha do Flamengo na Inglaterra (Reprodução)
A campanha do Flamengo na Inglaterra (Reprodução)
A campanha do Flamengo na Inglaterra (Reprodução)
A campanha do Flamengo na Inglaterra (Reprodução)
A campanha do Flamengo na Inglaterra (Reprodução)
A campanha do Flamengo na Inglaterra (Reprodução)
A campanha do Flamengo na Inglaterra (Reprodução)
A campanha do Flamengo na Inglaterra (Reprodução)

Siga o Yahoo Esportes

Twitter | Flipboard | Facebook | Spotify | iTunes | Playerhunter