Flamengo revive 2019, Gabigol brilha e virada sobre o Grêmio reacende esperança por título

Diogo Dantas
·1 minuto de leitura

Por alguns minutos, o Flamengo deu saudade. E esperança à sua torcida na briga pelo título do Brasileirão. Em jogo de dois tempos muitos distintos contra o Grêmio, reviveu seus melhores momentos por alguns instantes.

O suficiente para uma vitória de virada, por 4 a 2, com atuação muito boa de Gabigol, que marcou uma vez e deu duas assistências. Éverton Ribeiro, Arrascaeta e Isla completaram.

Os gaúchos saíram na frente e tentaram reagir com Diego Souza, mas não suportaram uma versão do Flamengo desconhecida até aqui na temporada. Sobretudo sob o comando de Rogério Ceni, que quando não atrapalhou, viu a equipe crescer de rendimento.

Com o resultado, o Flamengo volta à vice-liderança da tabela, com 58 pontos, quatro a menos que o Internacional, com um confronto direto pela frente. E sem mais jogos pendentes. Na segunda-feira, o adversário é o Sport, em Recife.

Faltam seis jogos para o fim do campeonato. No jogo atrasado com o Grêmio, o Flamengo deu sinais de que escreveria um roteiro repetido em relação às últimas atuações.

Teve o controle inicial da partida, criou chances, desperdiçou algumas, e sofreu o gol em desatenção de Arão e Gustavo Henrique. Mas em nove minutos da etapa final tudo mudou. Com Gabigol e Bruno Henrique mais próximos, o time pressinou e conseguiu a virada, em formação que lembrou bastante o time de Jorge Jesus. Já na frente, Ceni recuou o time. Mas não foi capaz de fazer nada que impedisse a vitória.