Flamengo se livra de multa de mais de R$ 100 milhões

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Flamengo venceu por 3 a 2 no STJ e não pagará quantia ao Banco Central.
Flamengo venceu por 3 a 2 no STJ e não pagará quantia ao Banco Central. Foto: (Alexandre Loureiro/Getty Images)

Uma importante vitória judicial garantiu ao Flamengo, nesta terça-feira, a desobrigação de pagar R$ 127 milhões de multa do Banco Central. A decisão tomada pelos ministros do Superior Tribunal de Justiça, por 3 votos a 2, garantiu que o clube carioca não terá de desembolsar a enorme quantia ao Banco Central.

Em contato com o ge, o vice-presidente do Flamengo, Rodrigo Dunshee, comemorou o resultado do julgamento: "Uma vitória épica hoje do Flamengo. 3 a 2 no STJ, em cima do Bacen. Uma economia de R$ 130 milhões para o nosso amado clube. Era um processo sancionador e me causou muita alegria ver o último ministro (Manoel Enghart) ter o brilhantismo de dizer que não se deve punir as pessoas quando há tanta dúvida sobre saber se ela errou ou não. Se infringiu a norma ou não. Parabéns à justiça. Parabéns ao Flamengo".

Leia também:

Travada por irregularidades em negociações realizadas com moedas estrangeiras entre os anos de 1993 e 1998, a disputa teve fim nesta terça-feira e a penhora de R$ 126.998.514,57 das receitas do clube, determinada em 21 de janeiro deste ano, foi reduzida em 8 de março, quando o juiz da nona vara de execução fiscal do Rio de Janeiro a diminuiu para R$ 10.608.331,22.

Esta diminuição permitiu que o clube recebesse, novamente, as verbas de direito da CBF e de direito de transmissão de imagens. Desta forma, as contratações do zagueiro Pablo, do lateral esquerdo Ayrton Lucas e do goleiro Santos puderam ser concretizadas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos