Flamengo se manifesta sobre valores dos direitos de transmissão do Carioca e acha justo receber mais do que os demais clubes

O Flamengo foi mais um clube que emitiu nota sobre a conturbada negociação sobre os direitos de transmissão do Campeonato Carioca. Na semana passado, Vasco e Botafogo se manifestaram oficialmente afirmando que não assinariam o acordo. O presidente do Fluminense, Mario Bittencourt, disse o mesmo. A negativa do trio em compor com a Ferj é pelo fato de que cada clube receberia R$ 9 milhões e o rubro-negro o dobro.

O Flamengo afirmou em sua nota que “é público e notório que o mercado esportivo remunera os clubes por seus direitos de transmissão de forma proporcional ao seu potencial comercial, não havendo razão que justifique uma distribuição diversa em nível estadual”. O clube também elencou números da sua torcida, pay-per-view e redes sociais para reforçar a sua posição.

No detalhamento dos números, o rubro-negro disse que a torcida do Flamengo, em pesquisa publicada recentemente, representa 21,8% da população brasileira, enquanto os outros três grandes times cariocas (Vasco, Botafogo e Fluminense) somados, representam 6,6%. “Isto dá ao Flamengo uma participação de 76% do total de torcedores quando colocamos lado a lado os quatro grandes clubes do Rio”, diz a nota.

Sobre Pay-Per-View, a posição do clube é de que a sua participação é de 20% no mercado nacional e 60% no carioca. A nota do rubro-negro afirma que “nos últimos dois anos, em contrato fechado diretamente pelos clubes cariocas com as distribuidoras de TV paga, mostrou-se um número ainda mais expressivo: 63% do total para o Flamengo, restando 37% para Botafogo, Fluminense e Vasco”.

E por fim, o Flamengo trata das redes sociais, em que afirma ter mais de 50 milhões de seguidores, “contra pouco mais de 20 milhões dos demais três grandes clubes do Rio somados”.

Para o clube, “é necessário que o clube se remunere de forma adequada e condizente com o potencial de renda que gera para seus parceiros comerciais”.

E que “apesar de termos todos os percentuais de potencial comercial acima de 60%, a diretoria do Flamengo, de forma inclusiva e com a preocupação em proporcionar melhores condições financeiras a todos os clubes participantes do Campeonato Carioca, aceitou a proposta feita pela Brax e estará recebendo um montante correspondente a 42% do designado pela empresa para pagamento mínimo aos quatro clubes grandes”.