Flamengo segura liberação de ingressos para visitantes em 'decisão' do Brasileiro, alega Atlético-MG

·1 min de leitura

O jogo entre Flamengo e Atlético-MG, que será disputado sábado, e vale como final antecipada do Brasileirão, já começou fora das quatro linhas.

O clube mineiro solicitou ao carioca 10% das entradas que lhe são de direito baseado no protocolo da CBF, o que depois do aumento da liberação da capacidade do Maracanã representa sete mil ingressos.

No enanto, o Atlético-MG alega que o Flamengo está demorando para dar a resposta para depois da partida da Copa do Brasil nesta quarta-feira. A diretoria atleticana pediu ajuda para as federações de Minas Gerais e do Rio de Janeiro, e também para a CBF.

Um ofício foi enviado na semana passada, dia 21, para que a carga fosse liberada. Houve contato inicial e direto com o Flamengo, mas não avançou entre executivos. O documento veio através da federação de Minas Gerais, para que repassasse para a Ferj, e dela para a CBF, chegando ao Flamengo.

O clube carioca não deu retorno e seu departamento jurídico analisa o caso.

"Estamos aguardando a boa vontade do Flamengo. Ligamos, falaram que ia resolver só depois do jogo de hoje (quarta). A gente acha que o Flamengo está postergando", disse um dirigente do Atlético-MG.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos