Após ignorar Elba e Gonzaga, Flay se embaralha e usa Juliette para tentar se explicar

·2 minuto de leitura
A cantora Flay. Foto: reprodução/Instagram/flay
A cantora Flay. Foto: reprodução/Instagram/flay

Sabe a expressão “pior a emenda que o soneto”, pois é assim que ficou a tentativa de explicação de Flay após afirmar que “é a primeira vez que a cultura nordestina está conquistando o país todo, a nossa música finalmente encantou o Brasil” na noite deste domingo (29).

A cantora, que estava desaparecida da mídia há algum tempo, causou e virou um dos assuntos mais comentados no Twitter após afirmar que era a “primeira vez” que cultura do Nordeste era reverenciada e a música havia “encantado” o país.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Leia também:

“Hoje o talento no nordestino está sendo enaltecido e eu vibro com cada conquista, com a diminuição pouco a pouco do preconceito”, completou. Antes de Flay, e diversos outros novos cantores nordestinos, encantaram o Brasil: Luiz Gonzaga, Elba Ramanho, Zé Ramaho, Caetano Veloso, Pepeu Gomes, Maria Bethânia, Gal Costa, Alceu Valença, Fagner, Moraes Moreira, Geraldo Azevedo, Mastruz com Leite, Banda Magníficos, Calcinha Preta, Genival Lacerda, Lenine e muitos outros.

Após a série de respostas a contradizendo, a artista lembrou todas as vezes que foi alvo de hate nas redes sociais, mas omitiu que quase todas as vezes foram por suas declarações controversas. “Acabaram comigo no 'BBB 20', me jogavam tanto ódio que se eu não fosse muito forte eu teria caído em depressão como alguns colegas caíram. Aí quando alguém que não me dei bem lá dentro faz merda, aqui fora, eles vêm me enaltecer só para atacar a outra pessoa”, publicou.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Ela ainda usou a nova carreira de cantora de Juliette. “O tuiteiro decidiu me enaltecer só para desmerecer, descredibilizar e diminuir o talento de Juliette. Mesma coisa que faz comigo diariamente. Decido comemorar o momento viral que o Nordeste está passando, tuiteiro decide enaltecer nossos representantes com o único intuito de desmerecer a gente”, apontou com pouco sentido.

Flay conclui falando no plural: “Nós somos gratos a quem veio antes da gente e fez história. E isso não quer dizer que a gente tenha que abaixar a cabeça e não possa vibrar pelo nosso momento, esse é o meu lugar de fala como artista nordestina, respeitem!”

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos