Flip anuncia autora que escreveu sobre genocídio de Ruanda como convidada

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Flip anunciou, nesta segunda-feira (17), que terá em sua programação Scholastique Mukasonga, autora nascida em Ruanda e radicada na França. Ganhadora de vários prêmios, ela é uma das principais vozes da literatura de seu país.

Inédita no Brasil, Mukasonga terá os livros "Nossa Senhora do Nilo" e "A Mulher dos Pés Descalços" publicados aqui, pela editora Nós, com tradução da poeta Marília Garcia.

De origem tutsi - a etnia massacrada no genocídio de Ruanda, em 1994 -, a autora fugiu do país dois anos antes do crime humanitário. Ela cruzou a fronteira de Ruanda com o Burundi a pé.

Mukasonga tematiza o genocídio em seus livros. "Nossa Senhora do Nilo", por exemplo, se passa pouco antes dele.

A Flip, que neste ano homenageia o escritor Lima Barreto, acontecerá entre 26 e 30 de julho.