Fluminense elimina o Botafogo-PB na Copa do Brasil e vai enfrentar o Figueirense

Nenê e Marcos Paulo comemoram na vitória do FLuminense

Depois do sufoco que foi a virada diante do Moto Club na primeira fase, o Fluminense conseguiu uma classificação relativamente tranquila para a terceira fase da Copa do Brasil, diante do Botafogo-PB. O placar de 2 a 0 no Maracanã, com gols de Marcos Paulo e Nenê, leva o tricolor a encarar o Figueirense. O confronto será em ida e volta, nas próximas duas semanas. A ordem dos mandos será definida hoje, às 15h, em sorteio na CBF.

A virtude do time de Odair Hellmann foi evitar muitos sustos. Concentrando a posse de bola, o Flu teve paciência para achar o espaços, mesmo sem ter a mesma mobilidade da goleada de domingo, sobre o Madureira.

O jogo teve embates curiosos entre Léo Moura, de 41 anos, e Nenê, de 39. Parecia até duelo de Brasileirão da era pré-pontos corridos. Nessa queda de braço, quem estava melhor acompanhado saiu vencedor.

A arbitragem não foi crucial para eliminar/classificar algum lado, mas cometeu erros que chamaram a atenção — a Copa do Brasil não tem VAR nesta fase. O mais flagrante foi a anulação do gol de Evanilson, no segundo tempo, quando o Flu já vencia por 2 a 0. O assistente enxergou um impedimento muito inexistente. O Botafogo-PB reclamou do pênalti em Gilberto, que originou a batida certeira de Nenê, encaminhando a vaga tricolor.

- É importante porque temos condições de chegar. Eu fiquei muito revoltado depois da Sul-Americana, mas já passou. Sabemos da importância da Copa do Brasil. Conseguimos passar de fase - disse o meia, artilheiro do Flu na temporada, com oito gols:

- Vamos aproveitar enquanto dura. O mais importante é a equipe vencer. Se eu continuar fazendo gol, melhor.