Fluminense marca nos acréscimos contra o Sport e escapa das vaias no Maracanã

·2 min de leitura

Tudo caminhava para mais um resultado frustrante do Fluminense no Brasileiro neste sábado. A sua torcida no Maracanã já gritava “time sem vergonha”. Porém, aos 50 minutos do segundo tempo, a situação mudou. O gol de David Braz, no apagar das luzes, garantiu ontem o triunfo do tricolor sobre o Sport por 1 a 0.

O alívio foi nítido, pois o empate seria péssimo. O Fluminense, que vinha de duas derrotas seguidas, tem agora 42 pontos, na oitava posição, e próximo do G-6 — Internacional soma 44, e o Corinthians, 47. O Sport, na zona de rebaixamento, permaneceu com 30 pontos.

Antes de a bola rolar, houve um minuto de silêncio em homenagem para Marília Mendonça e as outras quatro vítimas do acidente de avião da última sexta-feira, no interior de Minas Gerais. A cantora também foi homenageada no intervalo.

O Fluminense iniciou melhor o jogo, tendo a posse de bola e com mais finalizações. Fred, que voltou a ser titular, chegou a balançar as redes após receber passe de Samuel Xavier, mas o lateral-direito estava impedido. Esse foi o único chute na direção certa do primeiro tempo.

O camisa 9 e o jovem John Kennedy, que iniciaram pela primeira vez uma partida juntos no ataque, demoraram a se entender.

No segundo tempo, as duas equipes intensificaram a produção ofensiva, mas a dificuldade de finalização continuou sendo um problema. O Fluminense teve a chance de abrir o placar com Luiz Henrique, que mandou a bola na trave.

A noite dava sinais que não seria feliz para o Fluminense. Só que após o cruzamento de Marlon, David Braz entrou de cabeça, a bola tocou na trave esquerda e morreu no outro canto. Alívio no Maracanã.

O próximo compromisso do Fluminense será na terça-feira, às 21h30, contra o desesperado Grêmio, em Porto Alegre. Já o Sport recebe o América-MG, na quarta.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos