Fluminense: Por que Caio Henrique e Allan ficaram tão distantes do clube

1 / 2

39875229933_10f638d66d_k.jpg

Caio Henrique virou lateral no Fluminense

O cenário econômico do Fluminense não permite aventuras. E concorrentes com condições melhores no mercado tornaram complicadas as disputas pelo lateral-esquerdo Caio Henrique e pelo volante Allan. Ambos vestiram a camisa tricolor em 2019, mas a permanência é muito improvável.

O destino provável de Caio Henrique, que atualmente treina com a seleção pré-olímpica, é o Grêmio, segundo o presidente do Fluminense, Mário Bittencourt. Allan, por outro lado, está em vias de ser anunciado pelo Atlético-MG.

Caio Henrique e o Atlético de Madrid

O empréstimo de Caio Henrique expirou em dezembro, e o Fluminense entrou na negociação com o Atlético de Madrid, dono dos direitos econômicos do jogador, para uma nova cessão.

- Enviamos documentos ao Atlético de Madrid perguntando se havia interesse em emprestar novamente. Eles responderam que poderiam emprestar por 1 milhão de euros, seco, sem opção de compra, sem nada. Respondemos com proposta de 500 mil euros, parcelado. De repente, eles responderam que não tinham mais interesse em emprestar - explicou o presidente do Fluminense, acrescentando ainda que fez uma proposta para adquirir metade dos direitos de Caio Henrique.

O discurso tricolor é que o desejo do jogador é de permanecer e que até o empresário do lateral, o ex-meia Deco, está colaborando. Mas o cenário é complicado, até pelo suposto interesse do time espanhol em um ativo do Grêmio.

- Abrimos o leque, para eles olharem opções aqui, mas o Atlético está interessado no jogador do Grêmio , acho que, talvez, seja o Everton. Hoje, nesse momento, a não ser que haja uma reviravolta, damos por encerrado.

Allan e o Liverpool

Com o volante Allan, o Fluminense também se viu em desvantagem. O tricolor inicialmente viu resposta positiva por parte do clube inglês à proposta de compra de 50% dos direitos de Allan. Os Reds mudaram de ideia e quiseram negociar 90% do jogador. O Flu também enviou proposta, com previsão de parcelamento do valor em 24 vezes. Mas o cenário mudou de novo.

- Ele (o Liverpool) disse que chegou um clube para pagar à vista. Aumentei o valor, empatei com o que tem à vista dentro de 20 vezes. Respondeu "não porque tenho à vista". Fiz uma nova proposta aumentando o valor. Já que estou aumentando o valor geral quero manter parcelamento. Se deixasse três meses de salário atrasado, teria dinheiro para comprar à vista, mas teria salário atrasado e perderia jogadores - explicou Mário Bittencourt.

Quem deve chegar

O Fluminense, ao mesmo tempo, está perto de anunciar as contratações do volante Yago Felipe e dos atacantes Caio Paulista e Felipe Cardoso.