Fluminense resiste à pressão do Cruzeiro e garante vaga nas quartas da Copa do Brasil com 3 a 0 no Mineirão

Acostumado a ver o Fluminense de Fernando Diniz impôr seu ritmo e dominar os adversários, o torcedor desta vez precisou saber sofrer. Mas valeu a pena. Com dedicação defensiva, paciência para saber esperar o adversário cansar e mexidas certeiras do técnico, os tricolores confirmaram sua vaga para as quartas da Copa do Brasil com um 3 a 0 maiúsculo sobre o Cruzeiro em pleno Mineirão. Uma vitória que não só aumenta a confiança como comprova a maturidade alcançada pela equipe sob o comando de seu treinador.

Agora, é só esperar. Como a Copa do Brasil não tem chaveamento pré-definido, os tricolores precisam aguardar a conclusão dos próximos confrontos e a realização do sorteio. As quartas de final começarão a ser disputadas no fim de julho. Enquanto isso, o time volta suas atenções para o Brasileiro. No domingo, visita o São Paulo em busca da entrada no G-4 do torneio.

Foi a sexta vitória seguida da equipe, que não perde há sete jogos. Sob o comando de Diniz, a equipe registra 12 triunfos em 18 compromissos.

- O trabalho de todos nós é muito importante. O Fernando Diniz também faz parte disso. Os companheiros entram deixando tudo dentro de campo. Agora é descansar e ir para o próximo jogo - comentou o argentino Germán Cano, um dos principais nomes da equipe.

O camisa 14 marcou um gol e ainda deu assistência para Arias fazer o dele. Nathan, já nos acréscimos, deu contornos finais ao placar.

Quem olha apenas para o resultado, no entanto, não é capaz de entender o que foi o jogo. O Cruzeiro tentou impôr sua pressão adiantando as linhas de marcação e, em boa parte da partida, não deixou o Fluminense avançar.

O grande mérito do time foi saber se defender bem enquanto pressionado e esperar pelo momento em que o Cruzeiro cansasse. No momento em que o adversário diminuiu o ritmo, veio o bote tricolor.

Atrás, Fábio também se destacou. Mesmo com a torcida que sempre o tratou como ídolo o vaiando, ele não se deixou abalar e fechou o gol. Quando os atacantes do Cruzeiro conseguiram finalizar, a bola parou em suas defesas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos