Fluminense se une após críticas e busca 'jogo do ano' sem Caio Paulista e Gabriel Teixeira

·2 minuto de leitura

A semana será tensa e decisiva para o Fluminense. Não apenas para a classificação às semifinais da Libertadores, mas também pela permanência de Roger Machado como treinador. O ambiente não chega a ser de velório, mas há um nítido desânimo pelas atuações recentes. Por isso, os jogadores se uniram em uma corrente junto a comissão técnica para um último gás diante do Barcelona de Guayaquil, nesta quinta-feira. Tanto que, nas redes sociais, alguns dos líderes do grupo pediram por um voto de confiança.

Depois do empate por 2 a 2 na ida, o Fluminense terá de vencer o Barcelona em Guayaquil. Um novo 2 a 2 leva a decisão para os pênaltis. Igualdades a partir de 3 a 3 beneficiam o tricolor. Um dos primeiros a se manifestar foi o lateral-esquerdo Danilo Barcelos, que publicou uma mensagem para destacar a união do elenco tricolor e frisou, para aqueles que não acreditam, que não se deve duvidar do Fluminense e de sua camisa.

Apesar da boa intenção, a publicação não pegou bem, já tendo em vista a implicância do torcedores com o atleta. Porém, o sentimento é seguido por outros nomes. O atacante Abel Hernández já está nesta página e pregou a luta da equipe tricolor. "Lutar até o fim", escreveu. Outro estrangeiro, Raúl Bobadilla seguiu o mesmo caminho.

A intenção não é à toa. Internamente, há frustração evidente com o desempenho do Fluminense e, além das cobranças a Roger Machado, os jogadores estão incomodados com as críticas destinadas a eles. Os atletas têm consciência de que o desempenho está deixando a desejar e esperam dar a volta por cima.

O elenco também sabe que Roger Machado está sendo cobrado. Vale destacar que, segundo apuração do GLOBO, não há desentendimento entre o treinador e o elenco.

"O futebol dá [chance de] vingança e quinta temos a chance de fazer história e irmos a uma semifinal de Libertadores. Vamos Fluzão", escreveu Bobadilla.

Para Guayaquil, o Fluminense não terá Caio Paulista. Fora da equipe desde o dia 24 de julho, quando sentiu uma lesão na coxa direita contra o Palmeiras, o atacante não viajou para o Equador com o restante da delegação. Gabriel Teixeira também será desfalque.

Nos últimos dias, Caio Paulista fez tratamento intensivo no clube para ganhar condições de retornar na partida decisiva, mas não evoluiu a tempo. Quem voltará ao time será Fred. O atacante foi poupado pela comissão técnica na partida do último domingo, quando o Fluminense perdeu de 4 a 2 para o Internacional, no Beira-Rio, pelo Campeonato Brasileiro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos