Fluminense x Avaí: Fernando Diniz tenta afastar ‘cartilha’ e superar desconfiança recente

A série de tropeços recentes do Fluminense serviu para as redes sociais fazer viralizar uma "cartilha" que persegue o técnico Fernando Diniz. Nela, uma lista de acontecimentos que vai desde a sua chegada no novo clube até o momento da demissão. Hoje, diante do Avaí, às 19h (de Brasília), no Maracanã, o treinador busca a vitória não apenas para fazer o tricolor voltar a boa fase e triunfar no Brasileiro. Mas também para afastar a desconfiança sobre o seu trabalho, alvo previsto na tal cartilha.

Neste momento, a cartilha que vai de 1 a 10 se encontra no estágio 6: sequência de resultados ruins traz desconfiança. Normal, afinal dos últimos cinco jogos, o Fluminense venceu apenas um: o 5 a 3 diante do Atlético-MG, no Maracanã. Os tropeços, principalmente para o América-MG tendo um jogador a mais desde os 10 minutos do primeiro tempo, na rodada anterior, gerou insatisfação das arquibancadas.

Fernando Diniz não corre risco de demissão. Aliás, a possibilidade sequer é discutido neste momento dentro do departamento de futebol do Fluminense, mas o entendimento é que não se pode mais desperdiçar pontos com o Brasileiro chegando na sua metade. Vencer o Avaí hoje é fundamental.

Diniz tem seu terceiro pior começo de Campeonato Brasileiro. Até o momento, são três vitórias, dois empates e três derrotas. No ano passado, pelo Santos, com oito partidas ele já tinha um ponto a mais. No entanto, alguns tropeços são vistos como “percalços”, como o revés diante do Juventude no gramado alagado do Alfredo Jaconi e a expulsão de David Braz no início da partida diante do Atlético-GO.

Seu pior início na competição foi justamente pelo Fluminense. Em 2019, só tinha oito pontos em oito partidas.

Para a partida de hoje, o técnico Fernando Diniz têm volta confirmada do volante André, do meia Jhon Arias e do zagueiro David Braz, trio que retorna após cumprir suspensão. Os dois primeiros devem ser titulares contra o Avaí, enquanto o zagueiro disputa posição com Manoel. O também zagueiro Nino, que pediu para sair contra o América-MG, teve só cãibras e treinou normalmente nesta sexta.

Já o lateral-esquerdo Cristiano continua tratando uma pancada no joelho direito e está sendo preservado para a partida diante do Cruzeiro pelas oitavas de final da Copa do Brasil.

Quem pode ser opção para o setor é Mario Pineida. O lateral-esquerdo equatoriano, que não entra em campo há um mês, está recuperado de um problema na panturrilha direita e já está treinando com o grupo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos