FMI vê crescimento mais rápido em 2021 porém desigual

Kristalina Georgieva, diretora-gerente do FMI, em foto tirada em 4 de março de 2020