FMI: vacinar é 'prioridade absoluta' para emergentes

O Fundo Monetário Internacional é taxativo: vacinar é a 'prioridade absoluta' para os países emergentes. Cerca de vinte países, principalmente na África e na Oceania, ainda não começaram suas campanhas de vacinação.