Foguete Starship: motores do protótipo SN8 são testados com sucesso

Danielle Cassita
·2 minuto de leitura

A SpaceX segue nos preparativos para o próximo teste de voo que será feito com o veículo Starship em breve. Na manhã desta terça-feira (20), um passo importante foi dado no desenvolvimento do foguete: sem anunciar publicamente, a SpaceX ativou os três motores Raptor no protótipo SN8 durante um breve teste de ignição estática.

Ainda não houve comentários públicos sobre o procedimento por parte da SpaceX ou de Elon Musk, fundador da empresa, mas mesmo assim tudo pareceu correr bem. Apesar de também não haver registros oficiais, observadores que acompanham as atividades da instalação filmaram o teste. Confira:

A ignição estática é um procedimento em que os motores são ativados sem que o veículo saia do chão, e são uma etapa comum até a realização do voo propriamente dito. Além disso, o SN8 tem um lançamento na agenda em breve — haverá um teste de voo não tripulado ainda no final deste mês ou em novembro. Neste teste, é esperado que o protótipo alcance a altitude máxima de 18 quilômetros, a maior já atingida. Nos testes anteriores, que foram feitos com um só motor, os protótipos SN5 e SN6 chegaram aos 150 m de altitude.

Os antecessores do SN8 tinham aparência cilíndrica, lembrando bastante o formato de um celeiro. Entretanto, o novo veículo vai ficar bem mais parecido com uma nave espacial em sua decolagem, e terá nariz em cone e flaps laterais para controle de orientação. Antes que esses componentes sejam instalados, é possível que o SN8 passe por mais um teste: em um tuíte publicado no mês passado, Musk comentou que o SN8 ainda iria passar por um “ignição estática, análise, ignição estática, voo e pouso”.

Este protótipo e os anteriores já dão indícios do modelo final do Starship, que irá contar com três motores Raptor semelhantes ao do teste de hoje e três versões “a vácuo”, bem maiores e otimizadas para o uso no espaço. Para sair da Terra, o Starship irá contar com o foguete Super Heavy, que terá cerca de 30 motores Raptor. Eventualmente, a SpaceX planeja utilizar o Starship e o Super Heavy para todas as necessidades de voos espaciais, desde o lançamento de satélites até o transporte de pessoas e cargas úteis para a Lua, Marte e outros destinos distantes.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: