Foguetes lançados da região do Tigré atingem capital da Eritreia (diplomatas)

·1 minuto de leitura
Milhares de etíopes fugiram para o vizinho Sudão
Milhares de etíopes fugiram para o vizinho Sudão

Foguetes lançados da região dissidente etíope do Tigré atingiram Asmara, capital da Eritreia, em resposta à intervenção militar realizada pelo Exército etíope, informaram dois diplomatas à AFP neste sábado. O ataque representa uma potencial escalada do conflito.

"Os relatórios apontam que alguns foguetes caíram perto do aeroporto" da capital eritreia, indicou um dos diplomatas. Questionado pela AFP, outro diplomata confirmou a informação. A emissora de rádio da oposição eritreia Erena, com sede em Paris, anunciou, segundo moradores, que quatro foguetes atingiram Asmara.

O comando das forças do Tigré voltou a acusar hoje o governo da Eritreia de apoiar o Exército etíope ao permitir que a aviação decole daquele território e participando dos combates no Tigré. Por isso, havia ameaçado lançar foguetes contra Asmara e Masaua, porto eritreu no Mar Vermelho.

A Eritreia é inimiga jurada da Frente de Libertação dos Povos do Tigré (TPLF), partido que governa aquela região e que controlou por cerca de 30 anos o aparelho político e a segurança na Etiópia.

Os disparos contra Asmara representam uma escalada do conflito no Tigré, que observadores temem que leve a Etiópia (segundo país mais populoso da África, com 100 milhões de habitantes) a uma guerra comunitária que desestabilize toda a região do Chifre da África.

rcb/eb/af/lb