Folha fará lives com candidatos a deputado federal por SP

*Arquivo* São Paulo, SP, 17.09.2021 - Réplica de urna eletrônica; Folha fará lives com candidatos a deputado federal por SP. (Foto: Gabriel Cabral/Folhapress)
*Arquivo* São Paulo, SP, 17.09.2021 - Réplica de urna eletrônica; Folha fará lives com candidatos a deputado federal por SP. (Foto: Gabriel Cabral/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Folha fará uma série de lives pelo Instagram do jornal com alguns candidatos a deputado federal por São Paulo. As transmissões começam nesta segunda-feira (19).

Os bate-papos terão dez minutos de duração cada um e serão mediados por Renata Galf, Joelmir Tavares, Artur Rodrigues, Bruno Soraggi e Carlos Petrocilo, repórteres da editoria de Política.

Os convidados foram escolhidos de forma a apresentar ao eleitor um painel diverso de gênero, cor e ideologia dos candidatos. Nesta segunda serão entrevistados Luana Tavares (PSD), às 10h, e Daniel Munduruku (PDT), às 10h30.

Para não perder as transmissões, siga o jornal no Instagram e ative o sininho para receber as notificações.

Na atual campanha eleitoral, o jornal lançou algumas iniciativas sobre a disputa ao Legislativo.

A Folha e o Datafolha lançaram neste mês o Match Eleitoral 2022, ferramenta para facilitar a escolha dos candidatos à Câmara dos Deputados e ao Senado em São Paulo.

O recurso funciona como um Tinder, o aplicativo de relacionamentos, da política. Para ajudar os eleitores, a ferramenta indica os candidatos com os quais o leitor "dá match", ou seja, tem mais identificação.

O Datafolha entrevistou candidatos e criou um banco de dados de suas respostas em relação a temas econômicos, políticos e de comportamento.

A Folha também tem publicado o ranking de popularidade digital dos candidatos a deputado federal nos estados de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

O chamado Índice de Popularidade Digital (IPD) varia de 0 a 100 e foi criado pela Quaest Consultoria e Pesquisa. Ele mede diariamente o desempenho dos políticos nas redes sociais e ajuda a sentir a temperatura da corrida eleitoral no país.