Folia de Reis no Morro da Formiga inspira peça de teatro

·1 minuto de leitura

RIO — O sagrado e o profano estão juntos e misturados na Folia de Reis, tradição ainda presente em comunidades da Zona Norte. Foi em 6 de janeiro de 2019, no Morro da Formiga, na Tijuca, que o ator Thayan Ribeiro viu pela primeira vez esta manifestação popular. Morador de Rocha Miranda, ele esteve na comunidade, juntamente com outros artistas, para conhecer de perto a celebração inspirada na passagem cristã que narra a saga dos três Reis Magos para visitar o recém-nascido menino Jesus e que, ao mesmo tempo, faz referências aos festejos não religiosos de países africanos, como Angola e Congo. A experiência deu origem à peça “Terra de reis”, dirigida por Erika Rettl e Venício Fonseca, a ser encenada neste sábado (11) e neste domingo (12), às 19h, no Teatro Glaucio Gill, em Copacabana, com ingresso a R$ 20.

Ribeiro destaca o que o público pode esperar da peça:

— Quem for nos ver vai se emocionar, rir e cantar. Contamos uma história de origem milenar; homenageamos uma tradição que é a Folia de Reis, mas sob a nossa ótica, que é a do subúrbio carioca. A Folia de Reis traz o legado cristão, mas flerta com o profano através das festas africanas, como a congada (representação da coroação de um rei do Congo), e tudo isso está no espetáculo, que é uma grande celebração.

SIGA O GLOBO-BAIRROS NO TWITTER (OGlobo_Bairros)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos