Fonoaudióloga é suspeita de perseguir e tentar raptar crianças em Salvador

Fonoaudióloga prestou depoimento na polícia e foi liberada. (Foto: Getty Images)
Fonoaudióloga prestou depoimento na polícia e foi liberada. (Foto: Getty Images)
  • Dois boletins de ocorrência foram registrados contra a profissional

  • Ela foi encaminhada para exame psiquiátrico

  • Polícia segue investigação

A polícia prendeu uma fonoaudióloga após duas pessoas fazerem denúncias na Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Contra a Criança e o Adolescente (Dercca) de que ela teria perseguido e tentado sequestrar crianças. A profissional deu depoimento nesta quinta-feira (15).

Segundo a delegada Simone Moutinho, a mulher confessou ter se aproximado das crianças, mas negou que estava tentando cometer sequestros. As informações são do portal g1.

“Ela disse que gostava muito de crianças, que tinha trabalho com autistas e que as crianças sofreram muito durante o período da pandemia [da Covid-19]. A mulher também falou que não tinha intenção de fazer qualquer tipo de mal”, afirmou a responsável pelo caso.

A delegada disse ainda que a suspeita tinha a fala confusa durante o depoimento, o que poderia indicar uma condição psiquiátrica, e por isso ela foi encaminhada para uma avaliação médica no Hospital Psiquiátrico Juliano Moreira.

A fonoaudióloga foi liberada após sua companheira ir até o hospital e assinar um termo de responsabilidade para sua liberação. A investigação segue a cargo da Dercca, que ouvirá novos depoimentos.