Força Nacional vai ficar mais 90 dias em terra indígena no Maranhão

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Força Nacional de Segurança Pública vai permanecer por mais 90 dias, para garantir a integridade física e moral dos povos indígenas, dos servidores da Funai e dos não índios, na Terra Indígena Cana Brava Guajajara, no estado do Maranhão. As informações são da Agência Brasil.

A portaria do Ministério da Justiça e Segurança Pública, autorizando a prorrogação, está publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (9). O prazo começa a contar hoje e vai até o dia 6 de junho. As ações terão caráter episódico e planejado.

As atividades de segurança da Força Nacional serão em apoio à Fundação Nacional do Índio (Funai), que será responsável pelo apoio logístico. O número de militares disponibilizados obedecerá ao planejamento definido pelo ministério.