Força russa reivindica controle de Soledar; batalha no leste ucraniano esquenta

.

Por Olena Harmash e Clodagh Kilcoyne

KIEV/Proximidades de BAKHMUT, Ucrânia (Reuters) - O grupo mercenário russo Wagner alega ter assumido o controle da cidade de Soledar, no leste ucraniano -- um passo adiante no esforço de Moscou para capturar toda a região de Donbass --, mas os combates aparentemente continuam.

O grupo disse na noite de terça-feira que a luta ainda estava acontecendo no centro da cidade.

As forças militares da Ucrânia negaram que Soledar tenha caído.

Uma fotógrafa da Reuters observou muitos moradores fugindo pelas estradas para fora da cidade sob um frio brutal.

Dos arredores, nuvens de fumaça podiam ser vistas subindo sobre a cidade e os disparos de artilharia eram contínuos.

Com a guerra agora em seu 11º mês, os comandantes russos têm visado Soledar como uma plataforma para atacar a cidade vizinha de Bakhmut, que têm resistido por meses a uma ofensiva russa.

Uma vitória em Soledar, que antes da guerra tinha cerca de 10 mil habitantes, teria valor simbólico, militar e comercial para a Rússia após uma série de reveses no campo de batalha nos meses recentes, mas seu destino não estava totalmente claro na manhã desta quarta-feira.

O líder do grupo Wagner, Yevgeny Prigozhin, um aliado do presidente russo, Vladimir Putin, disse na terça-feira: "As unidades do Wagner assumiram o controle de todo o território de Soledar".

"COMBATES FEROZES"

O comentário de Prigozhin de que a batalha continuava no centro indica que o controle russo está incompleto, apesar de sua declaração de que toda a cidade estava nas mãos do grupo russo.

A agência de notícias estatal russa RIA disse que o grupo Wagner assumiu as minas de sal de Soledar após "combates ferozes".

"Intensos combates continuam em Soledar", escreveu a vice-ministra da Defesa da Ucrânia, Hanna Maliar, no Telegram.

O resumo matinal do exército ucraniano mencionou Soledar, listando-a como uma das várias cidades que estão sendo bombardeadas na região de Donetsk, em Donbass.

A Reuters não conseguiu verificar as condições no campo de batalha.

A entrada para as minas fica localizada nos arredores de Soledar. Washington tem dito que Prigozhin pode querer o controle pessoal das minas da área.

Segundo a emissora pública ucraniana Suspilne na manhã desta quarta-feira, o porta-voz das forças do leste da Ucrânia, Serhiy Cherevatyi, negou que Soledar esteja sob controle russo. "Aguarde os detalhes do Estado-Maior", disse ele.

A Rússia iniciou o que chama de "operação militar especial" na Ucrânia em 24 de fevereiro, dizendo que os laços estreitos da Ucrânia com o ocidente e as ambições de ingressar na Otan representam uma ameaça à sua segurança. Kiev e seus aliados acusam Moscou de uma guerra não provocada para capturar território da Ucrânia.

(Por redações da Reuters)