Forças Armadas são último obstáculo para socialismo, diz Bolsonaro

·1 minuto de leitura
Presidente Jair Bolsonaro e ministro da Defesa, Walter Braga Netto, em Brasília

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira que as Forças Armadas são o último obstáculo para o socialismo ao tecer críticas ao recente apoio que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deu ao regime cubano após protestos de rua na ilha caribenha na semana passada.

Em transmissão em sua live semanal, Bolsonaro disse que, para Lula, o regime cubano está uma "maravilha", e afirmou que aqueles que defendem o regime cubano querem roubar a "nossa liberdade".

"As Forças Armadas são o último obstáculo para o socialismo. Se conseguir trincar as Forças Armadas, o caminho está aberto para o socialismo", afirmou.

Na transmissão, Bolsonaro teceu críticas a outros países da região governados pela esquerda, como a Argentina e a Venezuela.

O presidente também destacou na transmissão que as eleições são uma questão de segurança nacional e que a não utilização do voto impresso pode gerar problemas caso sejam alegadas fraudes.

(Reportagem de Ricardo Brito)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos