Forças da Nigéria resgatam mais de 300 alunos sequestrados por homens armados

Afolabi Sotunde e Ismail Abba
·1 minuto de leitura
.

Por Afolabi Sotunde e Ismail Abba

KATSINA, Nigéria (Reuters) - Forças de segurança resgataram da Nigéria nesta quinta-feira quase 350 alunos que haviam sido sequestrados por homens armados, suspeitos de serem militantes islâmicos, antes de serem levados a uma floresta, disse o governador do Estado de Katsina.

O sequestro na noite da última sexta-feira foi reivindicado pelo grupo militante islâmico Boko Haram, em uma gravação de áudio não-verificada.

Os homens armados atacaram a escola secundária de Ciências na cidade de Kankara, em Katsina, usando motocicletas e arrastaram os garotos para fora, no maior incidente desse tipo na região nos últimos anos.

O governador Aminu Bello Masari afirmou à emissora estatal NTA que um total de 344 garotos mantidos na floresta de Rugu, no Estado vizinho de Zamfara, foram libertados.

"Recuperamos a maioria dos garotos. Não todos eles", disse.

Os garotos estavam retornando ao Estado de Katsina e seriam examinados por médicos antes de serem reunidos com suas famílias na sexta-feira, disse Masari.

O sequestro atingiu uma nação atingida por ampla insegurança e evocou memórias do sequestro do Boko Haram, em 2014, envolvendo mais de 270 garotas em idade escolar em Chibok.

((Tradução Redação São Paulo)